[Resenha] Ame o que é seu, Emilly Giffin - por Elaine Borges

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Olá, amigos do de Dai para Isie! Hoje, além da resenha, que está muito boa, diga-se de passagem, trago uma novidade para vocês: minha parceria com a blogueira Elaine Borges. A partir de agora, Elaine trará resenhas para o blog, então, se liguem. Em breve, sorteios também acontecerão. Provavelmente, anunciarei nosso primeiro sorteio, que virá acompanhado da primeira Caixinha de Correio, semana que vem.


_________________________________________________

Ame o que é seu

Título: Ame o que é seu
Autora: Emily Giffin
Editora: Novo Conceito
Nº de páginas: 310
Tradução: Elenice Barbosa de Araujo
Avaliação: 9.0

Sinopse: 

Ellen, fotógrafa que, aos 30 anos se depara com um dilema em sua vida. Com um marido carinhoso, uma sogra que a trata como filha e uma cunhada que é a melhor amiga da faculdade, Ellen se vê dividida entre a solidez de um casamento perfeito e o turbilhões de emoções de um amor não correspondido do passado, reacendido depois de um encontro inesperado com Léo, o ex-namorado que a abandonou e só trouxe problemas, mas por quem era loucamente apaixonada. Sem saber por que motivo, Ellen é invadida por um misto de ansiedade e desespero ao avistar Léo naquele cruzamento - havia oito anos e 16 dias desde a última vez. Um sentimento de culpa toma conta da recém-casada, que fica perdida sem saber se conta para o marido ou não. Nem mesmo para a melhor amiga ela poderia contar, pois além de ser irmã de seu marido, detestava Léo. A ideia de manter um segredo não agrada, ainda mais em um relacionamento fiel e feliz.

                                                                      "Sempre que houver escolha, haverá dúvida."

Resenha:

Bom, é muito difícil falar sobre um livro de que gostei, mas vou tentar, inclusive, tentar não colocar spoilers. Vamos ao que interessa. 
Gente, esse é "O livro"! Acho que, se alguém fosse comprar Ame o que é seu pela sinopse, desistiria, até porque ela não é muito atraente, não é uma coisa que chama a atenção.  Logo que li o titulo, pensei que fosse um livro de auto-ajuda - acho que é mais daquele tipo auto-ajuda indireta. Mas ele é um chick-lit, e eu amo livros assim. Qual mulher não ama?
Quando se lê um livro desses, você já tem uma ideia de como será o final - eu deduzi que o final seria de um jeito, e foi exatamente como pensei. A Ellen teria que decidir com quem deveria ficar, com o Andy ou o Léo. Pra falar a verdade, nem eu sei direito a quem escolheria, porque cada um tinha um jeito especial de cativar o coração dela. 
Bem, a história é muito envolvente. Não sei o que é que a autora tem de especial, mas, de repente, me vi dentro do livro. É uma coisa natural, sem querer, você acaba sentindo todas as emoções da protagonista. O enredo não é lá uma coisa do outro mundo, é um assunto cotidiano, algo que pode acontecer com qualquer um. Porém, o jeito como foi contado envolve o leitor.
Eu acho que, se o livro fosse lido por um homem, a Ellen (protagonista) iria ser criticada. Já eu, não a critiquei em nenhum momento. Não achei que o que ela estava fazendo, ou iria fazer, fosse errado; em todas as coisas que ela fazia, eu a entendia. 
Existe um Léo, na vida de toda mulher, quem nunca namorou uma cara e depois de uns anos se bateu com ele na rua, muito mais lindo, muito mais atraente, com um sorriso de tirar o fôlego... e ficou meio balançada, que atire a primeira pedra.

Bem, esse foi o primeiro livro que eu li da Emily. Depois desse, pretendo ler todos! 

Asas não é meu estilo favorito de livro e, em minha opinião, as cenas mais velozes poderiam ter começado antes. Ainda assim, eu amei esse primeiro volume da série. A capa é lindíssima, me conquistou de cara, e a história também é cativante, encantadora. 

Recomendo a leitura a todos que gostam de romances sobrenaturais infantojuvenis. 


Isso é tudo, até a próxima. 
______________________________________________________
Sobre Elaine Borges

Twitter - ElaineBorges10
Facebook - Elaine Borges
Blog - Livros & Cia

Tenho 18 anos, moro na Bahia, com muito orgulho, sou apaixonada por livros, leio mais de dois livros por vez, gosto de todos os gêneros literários e adoro escrever. Sonho em ter minha própria livraria algum dia e sonho também em ter uma biblioteca particular - são tantos sonhos...
Pretendo fazer um curso de Psicologia, mas a vida é tão cheia de surpresas que não sei o que me espera.

6 comentários:

  1. Isie Fernandes disse...:

    Elaine querida, seja muito bem-vinda ao blog!

    Eu, simplesmente, amei a resenha! Você está de parabéns pela escolha e pelo texto, que me conquistou.

    Muito obrigada por tudo.

    Isie.

  1. Jaqueline disse...:

    Bom dia, Ise obrigada pela visita e pelo carinho, realmente cabelo preto é bonito né? Eu acho lindo loiro nos outros, em mim fico com o pretinho mesmo...Boa sorte com o liquidificador, não é facil estas assistencias né?

    bjbj, Jaque

  1. Livro e Cia disse...:

    Valeu, Isie.
    Eu é que agradeço. É sempre bom fazer parcerias e conhecer pessoas novas.

    Beijo.

  1. Shizu disse...:

    to com vontade de ler esse livro, preciso de uma leitura desse tipo >:

    http://himi-tsu.blogspot.com.br/

  1. Luana disse...:

    Eu tenho um receio em ler essa autora, porque ele me deixa bastante irritada com os seus finais, ou o final de Questões do Coração. Enfim, eu gosto de um bom e velho chick lit para relaxar, quem sabe um dia eu perca o meu "preconceito" com a autora e leia esse livro!


    beijos, Lu
    Lendo ao Luar

  1. Luara Cardoso disse...:

    Ai, eu tenho tanta vontade de ler algum livro da Emily, mas cadê que eu li? Tá difícil de ter dinheiro/tempo para finalmente ler algo dela.
    Mas creio que, devido as diversas resenhas positivas, ela deve ser uma autora e tanto!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

Postar um comentário

A sua participação é muito importante. Comente!