[Resenha] Cinquenta Tons de Cinza

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Recebi um comentário na postagem sobre a cantora francesa Amel Bent, em que o leitor perguntava se eu conhecia outros cantores evangélicos franceses - além dos que havia mencionado. Na verdade, conheço vários cantores do idioma francês, mas a maioria deles, pelo que sei, é canadense. Como minha lista de cantores evangélicos preferidos é enorme, deixarei para listá-los na próxima postagem da coluna Música.

Sem mais delongas, trago hoje a tão esperada resenha de Cinquenta Tons de Cinza.

__________________________________________________

Cinquenta Tons de Cinza

Título original: Fifty Shades of Grey
Autora: E. L. James
Tradutora: Adalgisa Campos da Silva
Editora: Intrínseca
Gênero: Romance adulto
Páginas: 480 

Sinopse

Quando a estudante de literatura Anastasia Steele entrevista o jovem bilionário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que o deseja e que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Christian admite que também a deseja - mas em seus próprios termos.

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família - ele é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Ao embarcar num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

Resenha

Após sofrer pressão psicológica da parte de Katherine Kavanagh, Kate, sua melhor amiga e colega de apartamento, Anastasia Steele, estudante de vinte e dois anos, decide dirigir de Vancouver, Washington, até Seattle, a fim de entrevistar o bilionário Christian Grey. Mas Ana não sabe nada a respeito do magnata industrial, já que a responsável pela edição de formatura do jornal da faculdade é Kate, e termina se surpreendendo ao descobrir que ele é extremamente jovem e atraente. 

Como Ana é muito desengonçada, a entrevista prossegue quase normalmente. No final, muito gentil - ou cheio de interesse -, Grey resolve acompanhá-la até o elevador, o que a deixa ainda mais desconsertada. Contudo, alguns dias depois da entrevista, quando ele aparece de supetão na Clayton's, loja de material de construção em que ela trabalha, é que Ana fica desnorteada. A partir de então, os dois começam a se encontrar e, como era de imaginar, a se envolver. O problema é que Christian Grey não é um homem comum e que Anastasia Steele é ingênua demais para ter noção de quão perigoso ele pode ser.

Presentes caros, passeios extraordinários, viagens de primeira classe e  tantos outros prazeres físicos e materiais são proporcionados pelo poderoso Christian Grey. Desse modo, parece nascer uma excêntrica relação, cheia de intensidade, mas inundada por enigmas.

Vários blogueiros dizem que é muito difícil resenhar os livros que amamos. Esse não é o meu caso com Cinquenta Tons de Cinza. Não, eu não o odiei. Apenas afirmo, com toda certeza, que ele está longe de entrar para a lista dos meus favoritos.

Bom, como romancista, não posso ler um livro de qualquer jeito - ainda mais esse "grande" best-seller. Eu preciso analisá-lo pelo menos sob três aspectos: história, técnica do autor e desenvolvimento geral. Confiram a minha análise através dos destaques positivos e negativos.


- Positivos


  1. HistóriaEu sempre digo que, se a narração tiver bom ritmo, os diálogos forem bons e os personagens bem desenvolvidos, a história pode até não ser muito boa que eu consigo gostar. Esse é o caso.
  2. Técnica: Para principiante, a autora foi inteligente. Além de criar um personagem forte, Christian Grey, ela fez uma boa pesquisa sobre os temas e cenários discorridos na história, o que a valorizou.
  3. Desenvolvimento geral: O ritmo crescente prende o leitor. A leitura é fluida, acelerada e divertida. Há aspectos que considerei cansativos e desnecessários - os vários clichês -, mas a ideia dos e-mails foi perfeita. Isso e Christian Grey, apesar de sua loucura, sem dúvida, é o que há de melhor no livro.

- Negativos



  1. História: 1º) Anastasia começa desengonçada e, de repente, cadê os dois pés esquerdos? 2º) Depois que a relação entre os protagonistas esquenta, por que eles nunca tomam banho? 3º) Se Anastasia é tão ingênua e inocente, por que é que ela só pensa nas cenas impróprias para menores? O.k. ela está descobrindo sua paixão e sua sensualidade, mas tanto?! 4º) Ana põe o maldito vestido de Kate duas vezes seguidas para sair com Grey, não usa creme hidratante, perfumes, maquiagem!... Será que ela é um menino? 5º) Por que do meio para o final do livro, subitamente, Ana e Grey ficam tão limpinhos: banho pra cá, pra lá, de chuveiro, de banheira?... 
  2. Técnica: Pra começo de conversa, que eu saiba, a característica básica de um romance (gênero literário) é a obra ter um conflito central e vários pequenos conflitos (subenredos), porém, tudo em Cinquenta Tons de Cinza gira em torno da relação excêntrica entre Anastasia e Grey. Afinal de contas, por que Kate e Elliot se apaixonaram perdidamente, e tão rápido? O que José sentiu ao ser desprezado? Por que Ray e Carla se separaram?... Esse, sem dúvida, é um dos maiores problemas da narração em primeira pessoa. Se o autor não tiver boa técnica, termina centralizando demais a história no narrador-personagem. Só por isso, eu já diria que Cinquenta Tons de Cinza não é um romance adulto, mas um conto erótico.
  3. Desenvolvimento geral: 1º) Apesar de a narração ter um ritmo bom, a narradora consegue atingir vários picos de chatice. Nos primeiros capítulos, Ana Steele enrubesce por tudo, tanto que eu já estava enrubescendo de chateação por ler a mesma palavra trocentas vezes numa única página. 2º) Como se não bastasse a face de Anastasia enrubescer milhares de vezes, sua mente repete a frase "Minha deusa interior" na mesma proporção do patrimônio financeiro de Grey. 3º) Os "olhos cinzentos" de Christian, os "meus Cinquenta Tons", ele é "muito bonito", com aquela "calça de tirar o fôlego" e blá-blá-blá... Tudo bem que o autor precisa marcar a personalidade do personagem, mas assim já é demais. 4º) Não entendi pra que tanto palavrão. Desde quando é preciso xingar pra reforçar a ideia de que o conteúdo do livro é adulto? Achei de muito mau gosto, especialmente, porque E L James queria dar a Ana uma imagem de menina pura e inocente. Com aqueles pensamentos lascivos? Com aquela boca suja?
Depois de tudo que eu disse a respeito de Cinquenta Tons de Cinza, minha conclusão é: não o odiei, mas também não o amei. Não me enriqueceu em nada, e nem me deixou curiosa pelo próximo. Christian Grey é um personagem incrível! Por ele e pela parte dos e-mails, valeu a pena. As cenas de intimidade, impróprias para menores, confesso ter lido apenas uma e pulado todas as outras - fui lendo por cima. Por quê? Achei excessivas, cansativas, um tanto irreais e desnecessárias. Bem, esse é o meu ponto de vista. Se você, leitor, tem mais de dezoito anos e ficou instigado a lê-lo, aguarde pelos sorteios de um exemplar e de uma coleção completa que farei aqui no blog.

Recomendo a leitura para maiores de dezoito anos que gostam do gênero.


69 comentários:

  1. Olá Isie! Sua resenha ficou ótima e bem sincera! É a primeira resenha que vejo deste livro falando dos pontos negativos que encontrou,e sempre adoro ver os pontos de vista diferentes.De qualquer forma tenho curiosidade,quero realmente saber se esse livro é isso tudo que todos falam!

    beijoos

    strawberrydelivrosefilmes.blogspot.com.br

  1. to lendo esse livro, e to adorando ele....

  1. Angela Graziela disse...:

    Ta ai um livro que, no momento não me chama nenhuma atenção
    Acho que não faz muito meu estilo

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

  1. Niki disse...:

    Oi, Isie! Na livraria em que trabalho, esse livro está vendendo que nem pãozinho em padaria... Nem tinha tido tempo de analisá-lo (apenas li o resumo da contracapa). Adorei a resenha, achei sincera e interessante, principalmente por você colocar os dois lados.
    Beijos!

    Beijos!

  1. Blake disse...:

    Adorei a resenha!
    Mas ainda não me sinto muito interessada nesse livro. rs
    Mas quem sabe não dou uma chance para ele!

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

  1. Lolita disse...:

    Eu nunca liguei muito pra esse livro. Alias, nunca liguei mesmo. Mas sua resenha me instigou. Acho que até fiquei com um ''pouquinho'' de vontade de ler!

    Beijos!

    PS: Ai, sério? Acho que isso acabou com a minha fantasia de que as celebridades choram quando vêem o nosso amor por elas ):

  1. Gostei muito da sua resenha, Isie!^^ Esse livro está sendo super falado...mas não tenho muita vontade de ler. Estou meio atrapalhada, mas ainda te mando as perguntas da entrevista!
    Beijocas!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

  1. Elaine Borges disse...:

    Li seus pontos negativos e positivos, quando você disse que a James fez personagens fortes, e citou a Ana, acho que ela não é uma personagem forte, a não ser que você tenha um ponto de vista diferente do meu, mas não acho Ana forte.
    Concordo com você quando disse que a Ana repete que enrubesce muitas vezes, e ri quando disse também que erubesceu de tanto ver a mesma palavra não sei quantas vezes.
    Uma das coisas que me chateou muito foi aquele final, que ela pedi pra apanhar e quando leva uma surra, sai chorando, pô, o Grey passa o tempo todo dizendo que gosta de bater, e quando bate nela, ela leva um susto. A autora ficou muito tempo pensando numa razão pra dois casais se separarem, não achando uma melhor colocou a surra como desculpa.
    Gostei da sua resenha.

  1. Oi Flor. Amei seu blog ele é muito fofo e com um conteúdo inovador! Já to seguindo aqui e, lhe espero lá no meu blog. Beijinhos! Ah, vou estar sempre aqui, rs.
    http://blogparisvie.blogspot.com.br/

  1. Jeniffer Yara disse...:

    Eu fiquei com os dois pés atrás quando soube que era um romance mais erótico do que outra coisa, mas li uma resenha onde as cenas impróprias pra menores não o deixam ser um livro ruim, o enredo em si é bom e é isso que o fez bom, mas foi na visão da outra blogueira né. Você gostou de alguns pontos e outros não, mas ainda assim, não sei se o pediria como cortesia, por exemplo, teria que o ler e escrever resenha dele, etc. Enfim, vou participar do sorteio, a curiosidade é maior, ainda mais que soube que esse livro foi inspirado em uma fanfic erótica de Twilight ><

    Beijos
    Meu outro lado

  1. Luana - LL disse...:

    Não tenho nenhuma vontade de ler esse livro, como você disse é um livro que não enriquece, então eu leio um chick lit que não tem essa parte erótica, porque esse tipo de livro não faz o meu estilo, infelizmente, ou felizmente!

    beijos
    Luana - Lendo ao Luar

  1. Káren Araújo disse...:

    Todo mundo tem falado bem desse livro, mas ele não me enche os olhos =/
    Você é a primeira que eu vejo listar mais pontos negativos que positivos!

    http://4demarco.blogspot.com.br

  1. La Petite disse...:

    Oie!

    Eu li parte deste livro quando ele ainda estava disponível na internet como fanfic. E, posso dizer, de longe tem uma história muito boa e bem desenvolvida. Muitas contradições e coisas sem sentido, fora a linguagem fraca e rasa.

    Está aí um livro que eu não dou um centavo do meu dinheiro!

    Bjins

    www.dicasoutravessuras.blogspot.com

  1. Isie, tá todo mundo LOUCO por essa trilogia. Muitos querem lê-los e tudo mais... eu, no entanto, não senti toda essa ânsia. Tenho curiosidade, mas só.

    Gostei da sua resenha e, principalmente, da sua análise minuciosa. Toda sua sinceridade é algo muito positivo também. Eu adorei!

    Um forte abraço!
    http://universoliterario.blogspot.com.br/

  1. Isie Fernandes disse...:

    Olá, queridos!

    Quase nunca respondo os comentários por aqui, mas, dessa vez, foi inevitável. =) Olha, o livro é legal - tirando os palavrões, as cenas escancaradamente eróticas e as divagações sobre a beleza de Grey. Não achei que tinha muito a ver com Crepúsculo, não. Aliás, talvez seja a questão dos casais que se formam, do amigo apaixonado e tal, mas Grey é totalmente diferente de Edward (aquele fofo!).

    Quando eu disse que a autora criou personagens fortes, incluí Anastasia porque ela é bem construída, aliás, é a única que tem história completa. Então, por mais que ela não seja arrebatadora, eu a considero forte.

    Quanto ao mais, a linguagem não é tão fraca assim, não. Está no mesmo nível dos "romances de entretenimento", que são os mais lidos atualmente.

    Hehe! Vocês estão bem divididos, hein...

    Beijos a todos. E muito obrigada pela participação! =)

  1. agnes disse...:

    não posso falar muito, pois ainda não o li.
    e se o fizer, será mais por curiosidade, pq concordo com você: ele não me parece enriquecer em nada!
    até essa proposta "inovadora" que alardam por aí de pornô pra mulher pra mim não cola.. vamos combinar que sempre existiram os romances de banca, né?!
    mas uma coisa é certa: a Intriseca fez o trabalho de divulgar direitinho! haha

    beijos - Rascunhos e Borrões

  1. Nath Lambert disse...:

    Adorei sua sinceridade! Meu namorado não para de me dizer que vai me dar esse livro de presente (aquele maldito safado u.u). Ainda não sei o que pensar do livro, mas romance adulto para mim não cola. Minha tia tem uma coleção com toda uma sorte de livros de banca e uma vez cometi o erro de folear um e SÓ TEM pornografia, meu Deus '-'
    Que eu saiba, a autora se inspirou em Crepúsculo para escrever esse livro, então a Ana é meio parecida com a Bella no começo mas, no meio da narrativa, ela mudou a personagem. Por isso que a Ana é meio desengonçada e enrubesce por tudo.

    Adorei mesmo sua resenha! Acabei de conhecer seu blog e já estou seguindo!

    Beijos,
    N!

    www.nathlambert.blogspot.com

  1. Oie
    adorei sua resenha, você colocou todos os pontos que eu tinha dúvida, e listou de maneira muito prática os prós e contrar, com argumentos maravilhosos.
    Confesso que estou curiosa para ler, mas tmb imagino que não vai ser uma leitura que irá entrar para os favoritos
    bjos

  1. Lucas disse...:

    Esse é um livro que não tenho vontade de ler. Não desperta nenhum interesse.Mas gostei muito da sua resenha, principalmente por relatar as partes negativas do livro. Parabéns!

  1. Leandro de Lira disse...:

    Oi!
    Estou com um certo receio em ler este livro. Já li diversos comentários negativos e pouquíssimos positivos. Mas estou um pouco curioso. Espero lê-lo brevemente.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

  1. Raissa Debora disse...:

    Eu já vi milhares de recomendações desse livro, mas nunca tinha parado p ler nenhuma, entao a sua resenha foi a 1º.
    Eu nunca li nada nesse estilo como vc está dizendo, mas a história me paraceu boa. E pelo grande sucesso q esse livro vem tendo eu acredito q ele realmente não possa ser tão ruim. Não vou sair correndo p compra-lo, mas se aparecer uma boa chance eu tb não irei perder :)

    bju
    letracomasa.blogspot.com

  1. Manu Hitz disse...:

    Olha, vejo muitas resenhas, umas favoráveis, outras não. Como não é o meu estilo, acho que não daria a mínima para um livro desses na estante da livraria. Mas lendo a resenha, tão bem feita, desperta uma curiosidade: vontade de conferir e poder dizer algo a respeito. Não me deixar levar pelas críticas pró ou contra.

  1. Biia Rodrigues disse...:

    Eu concordo com você, por incrível que pareça com quase tudo, a parte da deusa interior é tãão irritante.
    também acho que por mais que tenha um jeito "louco" Cristian foi a melhor coisa da historia rs'
    Acho que o livro so foi bom por ter personagens bem construídos, pela escritora escrever sobre algo que sabia, tanto que tinha hora que eu tinha que ir pesquisar alguns termos e a historia me deixou curiosa.
    No geral eu gostei ate que bastante do livro porque me deixou curiosa, e livro que me deixa curiosa me conquista '-' Não sou tão critica ainda, e as vezes me revolto com isso em mim ;x

    Estava com saudades daqui, tava dificil conseguir passar nos blogs.

    Beeijos e até mais flor.
    http://pepperlipstick.blogspot.com.br

  1. Helen A.Z disse...:

    Gostei da resenha,especialmente os pontos fracos como a técnica em primeira pessoa que não aprofunda em outros personagens,assim dá uma percepção melhor e mais realista do livro,sem toda aquela "perfeição" que a ensiedade e o marketing em torno de um lançamento causa.

  1. Gustavo Antunes disse...:

    Ouvi falar muito desse livro, mas poucas pessoas realmente dizem que o amaram.. isso me intriga, e quero muito lê-lo pra tirar a dúvida. No seu caso, os pontos negativos parecem relevantes, mas o positivos também não me desanimaram a ler o livro, ainda bem! Parabéns haha

  1. Raquel Machado disse...:

    Oi flor,
    E por isso que fico com medo de me entusiasmar com livros da moda...tipo ou e muito marketing ou sei la...enfim esse livro ta na minha lista espero le-lo para descobrir o que vou achar...so que assim tambem não gosto de palavrão e se as cenas são tão tão tçao hots...já nao me interessa tambem enfim...terminei de ler belo desastre hoje e achei bem legal e viciante mesmo deixo a sugestão...ehehe
    Bjss
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

  1. Nanda disse...:

    Adorei a forma de vc colocar os pontos positivo e negativos do livro! Vou começar a ler sem grandes espectativas! vamos ver o q vou achar!
    bu bju

  1. cristiane disse...:

    Ohh Deus ohhh Deeeeus OHHHHHH DEUS!!! HOOOOT!!! QUE DEMAIS ESSE LIVRO!!! MUITO BOM MESMO!!! *-*
    Sério, dando graças a tudo que é santo ( isso é meio errado heim...) por esse livro ter saído aqui. E que gênero. Ahh, já lia a série de IAN e pensava "bem que poderia ter mais coisas assim.." e eis que surge esse livro. Temas picantes? Quem não gosta? E é bom heim, ler livros assim É BOM DEMAIS!!!

  1. Sua resenha foi completa e bem transparente. Já ouvi alguns que odiaram, outros amaram e a sua foi coerente. Em uma história sempre existe algo que podemos tirar de bom e vejo que a parte dos emails te agradou. Quanto a parte erótica, a parte de palavrões em relação a uma jovem pura e de bons princípios realmente não pegou bem.
    Gostei também qunaod relatou sobre a falta de banhao. rs Parabéns pelos detalhes e vamos tentara sorte, pois sempre é bom mtirarmos nossa própria conclusão.

  1. Bianca Karina disse...:

    Adorei a forma que você escreve sua resenha e a deixa completa, foi bem legal conhecer sua "técnica", rs. Achei que os pontos negativos foram bem colocados e argumentados, assim como os positivos. Mas, eu tenho um problema: me deixo levar mais pelos negativos que pelos positivos! hehe

    Quem sabe um dia eu arrisque? rs

    Beijos
    http://tempestade-de-estrelas.blogspot.com

  1. Escuta Essa disse...:

    Legal a sua resenha, estou bem curiosa para ler esse livro.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

  1. Kéziah Raiol disse...:

    Li esse livro e concordo com você em tudo, o livro não é deplorável, mas também não achei digno de tantos comentários positivos.
    Também achei as cenas ''Calientes'' muito exageradas, para mim faltou a sensualidade que é tão necessária.

    Sua resenha diz tudo que eu gostaria de passar para os meus leitores, breve vou postar a minha opinião sobre o livro.

    Beijocas!
    paixaoliteraria.com

  1. Nizete disse...:

    Gostei da sinceridade.
    Bem, ainda assim vou ler, é como se diz: ler pra crer! rsrs
    Gosto de romance adulto, basta saber se gostarei da forma que será conduzida, certo?
    Parabéns pela resenha, é a primeira que vejo sem muito entusiasmo.
    Bjo
    Ni
    @Ciadoleitor

  1. Elder e Lêh disse...:

    Nossa pela sua resenha deu pra perceber que o livro tem bons pontos positivos mais ao mesmo tempo possui muitos defeitos. Será que vale a pena eu ler? :/ Bom sua resenha foi muito bem feita, agora vou ver se eu leio pra que eu possa passar minha opinião tbm bjssssss

  1. Lorena Rocco disse...:

    Ainda não li 50 Tons de cinza, mas acho que não é o tão aclamado best seller. Tem muito Marketing e principalmente ainda é apoiado no sucesso de crespuculo.

    Para quem lê fanfic (como eu), 50 Tons vai sar uma leitura mais fácil por que já estamos acostumados com a escrita sem compromisso com erredo elaboradissimo!

    Beijo!
    milalices.blogspot.com.br

  1. Bruna M. disse...:

    Quero muito ler esse livro, e sua resenha me deixou ainda mais curiosa! Tomara que eu vença a promoção!

    beijinhos,
    www.umagarotaeseujeans.blogspot.com

  1. Vou começar a ler esse livro agora, espero que seja tão bom como todos estão falando...

    Adorei o blog!

    http://literaturediary.blogspot.com

  1. Vamos lá. Quando lancei Minha Cinderela Interior, fiquei preocupada do livro ser exagerado em suas cenas mais picantes, o que uma das resenhistas enfatizou bastante. Coloquei uma observação que ele era proibido para menores, mas pelo que andei lendo a respeito de Cinquenta Tons de Cinza, o meu é conto infantil...
    Gostei da forma que você expõe sua opinião e estou imaginando que meu livro também pode ser apenas um "conto erótico" como você qualificou esse aqui.
    De forma alguma isso é uma crítica, Isie. Você escreve de maneira consciente e eu gostei disso (pelo menos foi essa a sensação que eu tive ao ler sua resenha).
    Gostei muito do seu blog. Você está de parabéns.
    Agora estou em um misto de ansiedade e preocupação para minha Dinda Verônica Sobreira responder aquele e-mail... rs... Se você resenhar meu livro, tenho que estar preparada psicológicamente...
    Beijinhos ;-)

  1. Mayanne França disse...:

    Eu ainda não li o livro, mas quero muito fazê-lo.
    Já li diversas críticas e resenhas e só me empolga mais.
    Gostei da temática do livro, é um tema que sempre me atraiu rs
    E quero ler os outros o mais rápido possível, assim que a faculdade resolver dar uma folguinha dos livros rs
    beijos

  1. Gislaine Chagas disse...:

    Sua Resenha ficou ótima!
    Dá para se ter uma noção do que esperar do livro, já que eu ainda não o li, estou esperando o volume um chegar, acabei tendo de o comprar pelo site de uma livraria já que nesse fim de mundo onde moro não existe livraria, o que é um pecado morta.
    Mas voltando a resenha, eu achei que dá para se ter uma noção de como é a historia, e de todo o enredo, consigo já formar uma pequena noção do que o livro reserva, e de como sera os outros dois, você soube explicar muito bem, e deixou bem claro a sua opinião sobre o mesmo, assim fazendo uma das melhores resenhas que já li sobre os 50 tons de cinza. parabéns.

  1. A história deve ser emocionante! Mal vejo a hora de ler esse livro!

  1. Vivi Lemes disse...:

    oi isie!!
    eh, eu estava bem ansiosa para ler este livro, mas depois que ele foi lançado no Brasil e começaram as resenhas eu desanimei. Acho que tbm não vai estar entre os meus favoritos!! ..

  1. cinthia oshiro disse...:

    ah não sei ainda se eu quero ler esse livro, mas tenho muita curiosidade, principalmente por causa da repercussão do livro e depois pode virar filme. òtima resenha e apontar os pontos negativos e positivos do livro :)

  1. Oie, quero ler esse livro não por curiosidade, pois confesso que leio esse gênero e com isso qualquer coisa que pode está escrito não irá me deixar espantada já que Maya Banks, Miranda Lee, Fortes.. me prepararam bem rsrs
    Mais confesso que não espero muita coisa dele não, tipo creio que está tendo muita especulação por ser um editora de nome que o lançou por que livros assim existe há anos e as pessoas " viraram a cara" agora é que está tudo aparecendo srs enfim, gostei dos teus pontos positivos e negativos. Mesmo um livro assim digamos chocantes para os que não costumam ler, tem que ser bem escrito...

    Beliscões carinhosos da Máh-
    Coisas que me Acontecem
    Felicidades nos Livros
    @Maaria_Silvana

  1. Martha Franciny disse...:

    Não é muito meu estilo favorito de livro, mas, sempre é bom conhecer novas histórias :)

  1. Andrea Galvão disse...:

    Estou morrndo de vontade de ler esse livro. Ele trata de um tema que poucas pessoas imaginariam ler sobre - um sádico sexual. E mesmo assim, com um tema tão polêmico, conseguiu fazer sucesso!

    Mas confesso que pelas resenhas que li, o livro realmente não parece ser tão bom quanto o pessoal fala - as falhas que você apontou, por exemplo, são bem significativas (realmente, que mulher usaria duas vezes o mesmo vestido para sair com um cara?!)

  1. Roh disse...:

    Apesar de você falar que o livro tem alguns furos na história, só dela ter um ritmo bom já aguça a vontade do leitor!!

  1. Liziane Goulart disse...:

    Olá
    Esse livro veio para causar polemica mesmo, eu estou com o e-book dele e ainda não li resolvi que vou esperar a poeira baixar para depois ler, mas pelas resenhas que já li eu acredito que vou gostar do livro.
    Gostei da resenha e a maneira que distribuiu os tópicos.

    Beijão
    http://lilicasg.blogspot.com.br/

  1. Amei a resenha! é incrivel como voce pensou as mesmas coisas que eu , ainda não terminei o livro, mas concerteza pensei nesses mesmos aspectos positivos e negativos no decorrer da leitura!

    beeijos,
    Leticia - Céu de Letras

  1. Ainda nao li, mas com certeza vai para minha lista depois desta resenha. Dá pra sentir a polêmica no ar. Faz tempo que leio coisas na imprensa sobre o livro, mas nao tinha ideia do que se tratava ao certo. Vamos conferir! Abracos!

  1. Esse livro tem causado muita polêmica pelo mundo, eu não acredito que seja pelo erotismo presente nele, pois já existem muitas séries famosas assim (Irmandade da Agaga Negra por exemplo) mas pelo sadomasoquismo que ainda é um tabu na nossa sociedade, então as pessoas ficam curiosas para lê-lo. Não tenho muitas expectivas sobre esse livro, mas vou ler ele um dia. Só por curiosidade.
    Abraços

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

  1. Oi. Que pena que não entrou no seus favoritos, gostei da resenha, e aliás, vou levar em conta seus pontos negativos sobre o livro, com pontas soltas, conversas faltando, chatices e afins, também respeito isso da autora, mas mesmo assim quero ler... Beijos.

  1. Kati disse...:

    Ele está sendo divulgado como um romance erótico, então não é de se estranhar os palavrões, os pensamentos lascivos e as cenas de intimidade. Está fazendo um grande sucesso, apesar de fugir do que estamos habituados a ler, e creio que se deva justamente a isso. Independente das opiniões controversas o livro despertou meu interesse e espero lê-lo em breve.

  1. Prii =) disse...:

    Confesso que nunca li esse gênero, mas como todos andam falando desse livro fiquei curiosa, porém os pontos negativos ditos aqui me pegaram. Como gosto de escrever sei muito bem como é o problema de narração em primeira pessoa e realmente se o escritor não souber usar a tecnica o livro deixa a desejar...
    Ele definitivamente não é um dos livros que esteja no topo da minha lista de leitura, mas lerei por curiosidade, afinal não se pode julgar um livro pela capa.

  1. Guilherme disse...:

    Estou louco para ler esse livro todos estão falando muito bem dessa trilogia.

    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

  1. Lua Martinez disse...:

    Boa resenha, já houvi falar que esse livro estava mais para um conto erótico mas nunca o li, por isso não posso opinar a esse respeito... sua resenha não instigou a minha curiosidade para ler esse livro =S

  1. Bruna Sturaro disse...:

    Devo dizer que você abordou muito bem os pontos do livro, os que foram marcantes e os que o empobreceram, porém eu discordo de muita coisa (sempre sou do contra!). O livro me enriqueceu e muito, como mulher principalmente e em segundo plano como ser humano, afinal conviver com pessoas que possuem alterações de humor e um desejo irrefreável não é pra qualquer pessoa. Eu sei que a autora deixa muito a desejar em certos pontos, mas durante as continuações você vê o desenvolvimento do Christian e até da Ana, muitas coisas são reveladas e mais lenha é posta na fogueira da imaginação. Na minha opinião o livro é bom, mas as continuações são ainda melhores!

  1. Essa é a primeira resenha que leio sobre esse livro onde contem extrema sinceridade sobre o conteúdo da história... Gostei bastante dessa resenha, o que me fez gostar ainda mais da história do livro que eu ainda não li, mas pretendo lê-lo algum dia e espero que esse dia não demore a chegar..kkkkk.... vlw... bjs...

  1. Gabiih disse...:

    Quero muito ler... nossa, um monte de gente ja me falou que é bom e que a leitura te prende. Só falta ter o livro mesmo pra eu ler :P
    Eu gostei da resenha ^^ me deu mais vontade ainda de ler o livro. Me intrigou ^^

  1. Thaminy Gomes disse...:

    Adorei a resenha justamente pelo fato de você avaliar tudo do livro,os lados positivos e negativos as outras resenhas que li só criticam e não apontam nada de bom,mas realmente quero lê-lo para tirar também minhas conclusões!

  1. Amei a resenha e sem dúvida a sua técnica de resenhar me deixou maluco, gostei muito de todos os pontos ressaltados. Eu estou apostando muito na escrita da E.L mesmo lendo resenhas negativas e positivas, é um tipo de romance que nunca li, enfim, a sua resenha me deixou ainda mais louco para ler.

    Grande Abraço, http://weboysforlife.blogspot.com.br/

  1. Mayara disse...:

    Eu li esse livro e gostei bastante dele apesar de nao ser um dos meus favoritos...

    Concordo com seus pontos positivos e negativos tbm...

    Muito boa a sua resenha =)

  1. Ingrid Joyce disse...:

    Olá, eu adorei a resenha
    foi a primeira que vi que conta os prós e os contras pq sempre vejo resenha negativa do livro ,adorei obg!

  1. Erica Lima disse...:

    Muito boa a sua resenha... Eu gostei da história, apesar de não ser meu gênero preferido.
    MAs eu tinha ouvido falar tanto desse livro e seus comentários me fizeram perceber que ele não é tudo o que falam...

  1. Sinceramente, eu até quero ler esse livro, pra saber se a imprensa exagerou mais uma vez classificando-o como "mummy porn"..
    Muito curioso aqui..

  1. Danny Lisboa disse...:

    Sem duvida esse virou um dos livros mais comentados dos últimos tempos né?!, mas também "pudera!" hehehe, eu ainda não li, infelizmente por isso não posso dar uma opinião mais concreta sobre o que achei do livro, mas é um dos que mais me interessei a ler. Já li várias resenhas sobre o livro mas a sua ta mais detalhada, gostei muito!!!! *-*

  1. Elis Rodrigues disse...:

    Uau!
    Adorei a resenha, muito boa!
    Estou lendo esse livro que até então dizem que é o bam-bam dos romances...mas comecei a me irritar tanto com esse ENRUBREÇO que eu estava a ponto de parar de ler o livro!!! Sério que coisa mais irritante esse enrubreço e murmuro!!! Credo essa gente simplesmente não fala murmura!!! E essa Ana, pelo amor de Deus, a guria é um bicho do mato ou é impressão minha, tropeçar uma vez é uma coisa, mas ficar caindo pela rua é um pouquinho sulrealista!

    Mas tudo bem, já passei da parte em que só sabia enrubrescer heheheehe, quero ver se até sexta acabo o livro aí volto aqui ppra saber como o pessoal está achando da leitura!!!

  1. Jessica Souza disse...:

    Olá,
    Acho que até hoje não tinha lido uma resenha tão sincera desse livro.
    Você conseguiu expressar exatamente o que achou do livro, cada detalhe.
    Adorei a resenha.

  1. Karini Couto disse...:

    Este é o polêmico que está dando o que falar.
    Honestamente não sei se vou gostar do livro mas não consigo conter minha curiosidade em poder provar de uma leitura que "está na boca do povo" rs

Postar um comentário

A sua participação é muito importante. Comente!